O ano está acabando, falta um pouco mais de dois meses para o natal e o réveillon. Para muita gente os preparativos para os eventos de fim de ano já começaram.  O comércio estima um crescimento nas compras. Neste período do ano o que cresce também é o índice de roubos e furtos. Por isso, a população deve redobrar o cuidado com a segurança.

Os criminosos costumam agir durante a movimentação intensa nos centros comerciais. Roubo de bolsas, carteiras e assaltos nas portas dos bancos são comuns nesta época do ano.

“As pessoas precisam tomar alguns cuidados, como evitar andar com bolsas grandes, mochilas, joias, equipamentos eletrônicos a mostra, carteiras na mão ou no bolso. As mulheres precisam ter ainda mais cautela, principalmente evitando levar crianças pequenas, pois a atenção é dividida entre a criança, as compras e a bolsa”, ressaltou.

AS   mulheres são as principais vítimas dos assaltantes neste período, justamente por estarem mais desatentas e entretidas com a variedade de produtos oferecidos.

Saída de bancos

O cuidado também é necessário na saída das agências bancárias, pois muitos assaltantes se passam por clientes e observam a movimentação financeira de dentro dos bancos. Eles observam as pessoas que fazem saques e repassam para o bando que se encontra do lado de fora as informações sobre a vítima.

Outra dica do delegado é para o comerciante. Segundo ele, o empresário que possui a sua loja em um local pouco movimentado deve evitar deixar o estabelecimento aberto após o horário de fechamento das lojas vizinhas.

O monitoramento de segurança feito por  câmeras é indicado. A imagem já não inibe a ação dos ladrões, mas ajuda a polícia a identificar e consequentemente, a prender os envolvidos no assalto.

Registro de ocorrências

É de suma importância os registros e denúncias sobre assaltos à polícia. “As pessoas que forem vítimas têm que registrar as ocorrências, para que nós possamos fazer um estudo sobre as áreas de maior incidência e demande o policiamento e investigações necessárias para reprimir a criminalidade naquele local”, disse.

Além de registrar o Boletim de Ocorrência (B.O), as pessoas que testemunharem um assalto ou uma informação sobre um crime podem denunciar através do telefone 190 e a sua identidade será preservada. É importante observar as características físicas dos assaltantes, que possam ajudar a polícia a identificá-los; observar se próximo do local existem câmera de monitoramento interno nas lojas, bares, bancos ou uma câmera do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), que possam ter filmado a ação dos bandidos.

Viagem de férias

Durante o fim do ano também é comum pessoas saírem em viagem de férias. Antes de viajar é fundamental que avisem os vizinhos e parentes mais próximos sobre o período que a casa irá ficar sozinha.

Outra dica  é não deixar a chave do local com empregadas ou funcionários, pois os maiores registros de assaltos a residências neste período são decorrentes de pessoas próximas ou funcionários que se tornam informantes de quadrilhas especializadas nestes crimes. O uso de monitoramento interno e circuito fechado de segurança podem ajudar e evitar que sua família seja mais uma vítima.

 

 

www.minhabrasiliadf.com

Responder